segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Brufe









Brufe


A idílica aldeia de Brufe, está localizada na vertente da Serra Amarela, muito próxima do Parque Nacional da Peneda Gerês e da fronteira com Espanha.
Um pequeno aglomerado de casas construídas em granito, que são um magnifico exemplo da arquitectura popular da região, um património rural peculiar, onde se englobam muitos espigueiros, eiras e moinhos de água.
Neste  ambiente rural harmonioso os poucos habitantes (cerca de 57)  dedicam-se à agricultura e pastorícia.

A Serra Amarela  situa-se entre os vales do Lima e do Homem, ficando coberta de um manto  amarelo quando a carqueja floresce. Aqui, apesar da chacina que o homem tem aplicado à sua espécie, o lobo ainda continua a sobreviver.  







O facto de Brufe  estar situada a meia encosta, faz com que seja um magnifico miradouro!






Erguendo-se na margem direita da Albufeira de Vilarinho das Furnas, Brufe tem acesso directo pela estrada que atravessa o paredão da barragem.















 Julga-se que a origem do nome de Brufe vem de Berulfi (genitivo germânico) que significa lobo. Pertenceu com o nome de Espiríto Santo de Vila Garcia, ao pequeno concelho de Vila Garcia, com sede em Gilbarbedo, que pertenceu aos Abreus, tendo sido extinto em 1835, para fazer parte do de Regalados, e a partir de 1842 foi transferida para o concelho de Terras de Bouro, com um interregno (1895-1898) em que esteve anexada a Amares. Conforme as inquirições de 1258,  Brufe não fornecia homens à vida militar, mas em troca estes eram obrigados a defender a fronteira. O património histórico-cultural, caracteriza-se pela presença de sepulturas do tempo dos celtas, indícios de fortificações e padrões romanos, e ainda elementos da arquitectura popular: casas em granito, espigueiros encimados por cruzes, relógios de sol e pequenos moinhos nas margens dosa ribeiros.
































































Homenagem ao endireita de Brufe!















Notas:



Localização:

Lugar: Brufe
Freguesia: Brufe
Concelho: Terras de Bouro
Distrito: Braga 

Como chegar:

Distância: Braga (40 km) Rodoviários: EN 101 (Braga-Amares), EN 205-3 (Amares-Terras de Bouro), EN 307 (Terras Bouro-Covide), E municipal (Terras de Bouro – Brufe) Transportes públicos: Autocarro (1 km) ; Comboio (40 km); Barco e Avião (90 km)



Festas e Romarias:

Festa do Espírito Santo (Maio ou Junho)


Pontos de interesse turístico:


Encostas de Mixões da Serra (a aldeia está inserida neste espaço natural), Artesanato em linho e lã (na própria aldeia), Aldeia de Cutelo (1km), Percursos pedestres (Rota das casarotas), PNPG (5km), Albufeira de Vilarinho das Furnas (5km), Museu Etnográfico de Vilarinho das Furnas (6km), Actividades de animação turística (6km).


Onde comer:

O Abocanhado
Este restaurante traz gentes de todo o lado para provar pratos tradicionais como o cabrito, carne Barrosã, javali, veado, entre muitas outras iguaras tradicionais da região. Do terraço pode  apreciar a magnifica vista sobre  o Vale do Rio Homem.  

Onde Dormir:

Optámos pela Residencial Corredoura
Av. Afonso Manuel 840, 4720-259 Caldelas

De ambiente familiar, tem preços muito acessíveis com
pequeno almoço incluído.