sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Maçãs preta diamante, crescem nas montanhas do Tibete e são únicas no mundo




As maçãs Black Diamond são uma raça de maçãs Hua Niu (também conhecidas como Red Delicious Chinês) que obtêm sua cor púrpura escura única a partir das condições geográficas de Nyingchi, na Região do Tibet. O pomar de 50 hectares criado pela empresa chinesa Dandong Tianluo Sheng Nong Comércio Eletrônico Co., Ltd. tem uma altitude de 3100 metros acima do nível do mar, tornando-o o local ideal para cultivar essas frutas intrigantes. As diferenças de temperatura entre o dia e a noite são significativas, e os frutos recebem muita luz solar e ultravioleta, o que faz com que a pele passe do característico vermelho escuro das maçãs Hua Niu para o roxo escuro.




A produção no pomar de Nyingchi começou em 2015, três anos depois que as árvores foram plantadas, mas, devido a vários fatores, elas só podem ser encontradas em um seleto número de supermercados de alta qualidade em Pequim, Xangai, Guangzhou e Shenzhen, e geralmente são vendidos em pacotes de presentes de 6 a 8 frutas. De acordo com a Tencent News , o preço das maçãs Black Diamond é de cerca de 50 yuans ( US$ 7,27) por fruta.

“Como a produção chinesa é limitada, e os custos de distribuição são bastante altos, as maçãs negras, de alto preço, pertencem ao segmento mais sofisticado do mercado”, disse Yu Wenxin. “Nós vendemos principalmente em pacotes de presente de 6 ou 8 maçãs. No ano passado, pequenas quantidades de nossas maçãs foram vendidas para supermercados de primeira linha nas cidades da China, onde foram recebidas muito bem ”.




Devido às baixas temperaturas que as árvores de maçã Black Diamond precisam para produzir frutos escuros, sua taxa de crescimento é muito menor do que a média. Enquanto a maioria das raças de macieiras atinge a maturidade em 2 a 5 anos, estas árvores requerem não menos do que 8 anos. Além disso, apenas cerca de 30% do rendimento do pomar atende aos padrões de conformidade de cores a serem vendidos como maçãs premium Black Diamond.



Fonte: odditycentra

domingo, 6 de outubro de 2019

Leite creme da avózinha



Ingredientes

8 dl leite
200 g açúcar
60 g farinha maisena
8 gemas
1 casca de limão
1 pau de canela
açúcar em pó para polvilhar
Leite creme à Portuguesa


Leve ao lume o leite com o pau de canela e a casca de limão e deixe ferver. Retire do lume e reserve.
Numa tigela, bata o açúcar com a farinha maisena, junte as gemas e bata novamente. Adicione depois o leite em fio, mexendo sempre muito bem. Leve novamente ao lume, mexendo sempre até engrossar. Retire do lume e rejeite o pau de canela e a casca de limão.
Distribua o creme por taças e deixe arrefecer. Na hora de servir, polvilhe com um pouco de açúcar em pó e queime com um ferro próprio para o efeito.

Bochechas de porco com vinho tinto



Ingredientes para 4 pessoas:

2 bochechas de porco por pessoa.
3 cenouras
3 batatas
2 taças de vinho tinto
2 copos de caldo de galinha
1 cebola
1 alho francês
3 tomates
1 cabeça de alho
Azeite
2 folhas de louro.
Sal, pimenta, tomilho e alecrim.
1 copo de conhaque.

Preparação


Limpamos bem as bochechas. Temperamos com pimenta e selamos a carne numa panela com muito pouco azeite. Reservamos

Na mesma panela, adicione mais um pouco de azeite e junte o alho alho francês às rodelas finas, a cebola também cortada finininha, a cenoura ás rodelas e o tomate picado. Acrescente a cabeça de alhos dividida ao meio, sal e o louro e deixamos cozinhar dez minutos.
Acrescentamos as bochechas que selamos anteriormente, regamos como conhaque e flambeamos.
Adicionamos o copo de vinho e quando o álcool evaporar adicionamos os dois copos de caldo de galinha, tomilho e alecrim.
Em lume médio cozinhamos cerca de quarenta e cinco minutos.

Sirva com arroz branco e batatas fritas.

Quem resiste a uma deliciosa Tiborna de Bacalhau?



Tiborna de Bacalhau à Lagareiro 

Ingredientes para duas pessoas

2 postas de bacalhau demolhadas
4 dentes de alho
4 fatias de broa
azeitonas q.b.
pimenta q.b.
azeite q.b.

Asse as postas de Bacalhau na chapa e lasque-as para uma taça.
Tempere com os alhos picados e pimenta moída na hora.
Regue com bastante azeite.
Enfeite com azeitonas.
Sirva com broa.

Arroz de tamboril e camarão



800 g de tamboril
500 g de miolo de camarão
12 camarões com casca

1/2 kg de amêijoas
150 g de arroz carolino
1 tomate maduro
1 cebola média
2 dentes de alho
2 colheres (sopa) de concentrado de tomate
0,5 dl de azeite + 1 fio de azeite
1 folha de louro
Vinho branco q.b.
Coentros q.b.
Piripiri q.b.
Sal e pimenta q.b.



Corte o tamboril em cubos médios, retire-lhe a espinha central e reserve-a. Descasque os camarões deixando-lhes apenas a ponta da cauda. Leve uma panela ao lume com o fio de azeite, junte as cabeças dos camarões e deixe refogar até libertar o sabor.
Adicione um pouco de vinho branco, deixe reduzir, junte metade do concentrado de tomate e 1/2 cebola cortada em cubos e deixe refogar mais um pouco. Adicione então as espinhas do peixe, acrescente água e deixe ferver até reduzir cerca de 1/3. Passe pelo coador de rede e reserve este caldo.
Deite o resto da cebola e os alhos picados num tacho, junte o louro e o 0,5 dl de azeite e deixe refogar até alourar. Adicione o tomate cortado em cubos e o restante concentrado de tomate, mexa, junte o caldo, deixe ferver e tempere com sal e piripiri. Junte o arroz, mexa até ferver, adicione o tamboril, as amêijoas e os camarões e mexa suavemente até tudo ficar cozido. Retifique os temperos e sirva polvilhado com coentros picados.

Printfriendly