segunda-feira, 21 de março de 2016

Cracas dos Açores




Cracas dos Açores







As cracas são um crustáceo marinho, aparentado com os percebes. Quando atingem a idade adulta o exoesqueleto já está calcificado, sendo composto por várias placas. As colónias fixam-se nas rochas sendo muito difícil retira-las, recorrendo-se  normalmente à ajuda de um martelo.
Entre as espécies mais apreciadas encontram-se a Megabalanus azoricus, uma craca de grandes dimensões que se reproduz nos Açores. 
Ao contrário das cracas do continente que são muito pequeninas, estas cracas são grades e deliciosas.

Apesar de ser um crustáceo um pouco estranho aconselho a provarem, é uma delicia! Com um sabor a mar indescritível!


Como prepará-las:


As cracas devem ser cozidas sem se retirarem as algas durante quarenta minutos em bastante água do mar.
Os bicos devem ficar sempre virados para cima.
Depois de cozidas,  retiram-se da panela com os bicos virados para cima e deixam-se arrefecer.
Comem-se frescas,  abrindo-se a tampa do casulo  com a ajuda de um pequeno garfo de marisco e extraindo-se a parte comestível. O liquido que fica no interior do casulo deve ser bebido de seguida.

Este  petisco é  caro, mas delicioso... com um incomparável sabor a mar!





 Veja também a receita de camarão Aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário