sábado, 18 de outubro de 2014

Amêijoas à Bulhão Pato



Amêijoas à Bulhão Pato

Hoje viajamos pela  gastronomia Portuguesa, com um dos pratos  que teve origem na região da estremadura: Amêijoas à Bulhão Pato! 






Ingredientes

- 1 kg de amêijoa boa 
- 6 dentes de alho
- 5 colheres de sopa de azeite
- 5 colheres de sopa de vinho branco
- pimenta moída q.b.
- 1 molho de coentros
- sal q.b.
- Sumo de limão q.b.



Preparação:


Lave muito bem as amêijoas em água corrente ( se não utilizar amêijoa boa depurada, convém deixar as amêijoas durante duas horas em água e sal para sair toda a areia.)
Num tacho , coloque o azeite e os alhos descascados (esmagados ou picados se preferir) e leve ao lume ate aquecer bem. 
Acrescente as amêijoas, o sumo de limão, o vinho e os coentros picados. Tempere com sal e pimenta moída na hora.
Tape o tacho e vá sacudindo de vez em quando até as ameijoas abrirem todas.
Coloque as ameijoas numa travessa e decore pedaços de limão. 
Bom apetite! 


Um pouco da história deste prato...



Quem foi Bulhão Pato?

Bulhão Pato foi um escritor do Séc. XIX que materializou com uma grande paixão vivencial a vida portuguesa da sua época, através de um quotidiano passado nas mesas de cafés e restaurantes da capital,

Gostava de caçar e era grande amante da arte gastronómica, como o comprovam algumas receitas que nos deixou escritas no célebre: "Cozinheiro dos Cozinheiros", do mestre Paulo Plantier, a pedido do mesmo.

Este prato, não foi invenção sua, mas sim de um cozinheiro que aproveitou para o homenagear enquanto bom apreciador desta receita, provavelmente como forma de agradecimento aos elogios que Bulhão Pato proferia às suas confecções culinárias. Estes bivalves eram na época muito apreciados, constituindo uma iguaria bastante requintada para as mesas dos lisboetas.










1 comentário:

Printfriendly