terça-feira, 18 de novembro de 2014

Em forma para voar

Em forma para voar



 
Pensar em voos de longo curso, é pensar em dores nas costas, cãibras, torcicolos e desidratação!

Quem não sonha com umas férias em Bora-Bora, na Nova Zelandia ou na Austrália?
Se para muitos a questão financeira é um impedimento para a realização destas viagens, para outros a perspectiva de passarem mais de 20 horas dentro de um avião afasta de imediato a ideia destes destinos para o outro lado do mundo!
Dores nas costas, trocicolos, cãibras, desidratação, pés e mãos inchados, dores de cabeça e mal estar geral são alguns dos sintomas dos passageiros de voos de longo curso.
O corpo humano não está preparado para passar horas a fio na mesma posição.



 Saiba como prevenir-se para ter uma viagem agradável!






Durante o voo deve procurar posições confortáveis, levantar-se em períodos regulares, fazendo pequenos exercícios musculares, esticando e encolhendo os músculos para a frente e para cima, de forma a evitar complicações musculares e osteoculares.  

Ao ficarmos muito tempo na mesma posição, corremos o risco de fazer tromboses venosas. Especial atenção para os idosos ou pessoas com problemas vasculares, devem consultar o médico porque poderá ser necessário a ajuda pontual de um medicamento.
A desidratação é outro problema que afecta os viajantes. A atmosfera seca e o ar condicionado dos aviões são a causa da desidratação a bordo, e pode ter impacto a nível da circulação sanguínea  e dos rins.  Deve beber muita água enquanto está a voar. Não se iniba e peça um copo de água regularmente à hospedeira ou ao comissário de bordo. Beber líquidos é fundamental... mas atenção, nada de álcool!  O Álcool ajuda a desidratação! 


Sugestão de alguns exercícios de elasticidade que pode fazer durante o voo, ou enquanto espera para embarcar.


 Deve fazer os exercícios lentamente e sem pressionar demasiado, mantendo o corpo numa posição correcta.





 
Movimentos do pescoço:

Sentado numa cadeira repita lentamente cada um destes três exercícios.

1º-  Coloque o queixo junto ao peito e depois levante-o em direcção ao tecto.
2º- Coloque a orelha direita junto do ombro direito, repetindo o mesmo movimento para o lado esquerdo.
3º- Vire a cabeça para a direita e depois para a esquerda de forma a olhar para trás.


Extensão do ombro:

Tente alcançar o omoplata direito com a mão direita, levando a mão o mais longe possível.  Repita com o lado esquerdo.

Músculos da coxa:

De frente para a parede, a uma distância de cerca de meio metro, apoie nela a palma das mãos, à altura dos ombros, incline-se para a frente mantendo as costas e a sua perna esquerda direitas, enquanto dobra os cotovelos e o joelho direito, de modo a que o seu tendão do jarrete esquerdo ou músculo da coxa estique. Repita o exercício com a perna direita esticada e o joelho esquerdo dobrado.

Rotação do tornozelo:

Rode o pé para ambos os lados, não esquecendo de esticar os dedos.




Boa viagem!


 














Sem comentários:

Enviar um comentário